BI Maio 2022 2

Ouvidoria da saúde

Mel2

BE 23 06 22

Uso de mascara

×

Aviso

Erro ao carregar componente: com_zhgooglemap, Componente não encontrado
Pin It

Falta medicamento

  • Tema tem sido abordado pela imprensa nacional; é apontada a falta de insumos devido ao cenário internacional

Hospitais e farmácias do Estado de São Paulo e de outros Estados, das redes pública e privada, têm relatado dificuldade em se adquirir  medicamentos: de produtos básicos, como antibióticos e dipirona injetável, a remédios de alto custo. Há a dificuldade de se conseguir comprar esses medicamentos e, em Iracemápolis, a equipe de Saúde manifesta preocupação.

O assunto foi colocado em discussão pelo Conselho Municipal de Secretários de Saúde de São Paulo (Cosems/SP), que divulgou uma lista do que já está em falta. Há estimativa dessa crise se agravar ainda mais.

A dipirona monoidratada de 500mg injetável, um dos remédios mais utilizados na rede de saúde, indicado para o tratamento de dor e febre, está faltando em todos os estados do país. Segundo laboratórios, há a dificuldade para conseguir os insumos necessários.

Além desse medicamento, hospitais públicos e privados do estado de São Paulo estão enfrentando escassez de itens para outras doenças. Pelo menos 22 produtos fornecidos pelo Ministério da Saúde estão em falta no estado, segundo a secretaria Estadual da Saúde.

“De nossa parte, temos feito o possível para buscar esses medicamentos para a população. Porém, consideramos importante esclarecer sobre essa dificuldade que estamos enfrentando. É algo que não ocorre somente aqui e, sim, ocorre em todo o país. Temos buscado fazer a melhor gestão do que temos, mas infelizmente já sofremos com algum desabastecimento; porém até o momento, sem prejuízo à população”, destaca a farmacêutica do Pronto Socorro, Milene de Godoy Serrati

APLICATIVO

O Conasems (Conselho Nacional dos Conselhos Municipais da Saúde) lançou um aplicativo para que os municípios informem sobre as dificuldades de aquisição dos itens. A entidade também tem buscado articular o diálogo e soluções junto ao Ministério da Saúde.

A prefeita Nelita Michel informou que tem buscado diálogo com a região em busca de ações relativas ao problema.

Fontes:

https://saude.ig.com.br/2022-05-21/brasil-falta-medicamentos.html

https://www.correiobraziliense.com.br/brasil/2022/04/5002058-hospitais-e-farmacias-relatam-falta-de-remedios-veja-produtos.html

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2022/04/22/hospitais-publicos-e-privados-de-sp-enfrentam-escassez-de-medicamentos-pelo-menos-22-produtos-estao-em-falta-no-estado.ghtml

Apresentação da audiência pública

AUDIÊNCIA PÚBLICA DA SAÚDE

FiguraSite2

 Clique na imagem para abrir

 1º QUADRIMESTRE DE 2022

Apresentação Contabilidade

Audiência Pública 1º quadrimestre 2022

Figura Contabilidade

Apresentação da

Contabilidade da Sáude

Blog da saúde